Comprar e Vender Empresas

A Permeabilidade Entre As Empresas E O Mundo: O Exemplo Soldatopo

AS ESCOLHAS DAS EMPRESAS

E AS ESCOLHAS DO MERCADO

Nenhuma empresa é uma ilha, sabemos todos.

Mas nem todas empresas sabem se comportar como não sendo uma ilha. Muitas, mesmo cientes de que as ilhas estão afundando, continuam se comportando como se ilhas não fossem: inertes, indiferentes, isoladas, limitam-se a comprar, processar, vender… tocar a vida, indiferente em como vai a vida no meio ambiente externo aos seus muros.

Existem mesmo aquelas que não se interessam sequer pelo meio ambiente interno, sua vida intra-muros. Empresas são como as coisas são neste mundo que tem de tudo: tudo de bom e tudo de ruim. Algumas nobres outras pobres, a cultura de cada uma faz seu valor ou o seu desvalor.

O que percebo, na minha janela de ouro, aqui no Instituto Nacir Sales de Adequação Empresarial, é uma profunda renovação no coração e na mente da empresa, da empresa que anda para frente sabendo que tem gente e vida atrás, do lado e a diante. Existe uma mudança se operando na consciência empresarial, uma dilatação nos poros da tênue membrana que separa o meio interno do meio externo. Este aumento de porosidade tem modificado a ética empresarial, interferido nos compromissos das instituições e beneficiado o conjunto da sociedade, da sociedade exterior à sociedade empresarial.

Toda empresa é uma sociedade, sabemos. Sabemos também que uma sociedade empresarial é parte de um todo orgânico que é a sociedade que a cerca, que alimenta e é alimentada por ela. Elemento de um conjunto maior, sub-conjunto de um conjunto: empresas não são ilhas e quando se conscientizam de tal integração deixam de submergir, pois as ilhas, face ao aquecimento global, estão submergindo.

Fazem dez anos que apresento as sessões do Estudo do Formato Empresarial, e durante toda a última década venho repitindo: nenhuma empresa é uma ilha.

A permeabilidade e o aumento da porosidade entre o meio externo e o meio interno da vida empresarial é o que se vê de bom, quando se é um ator e um observador deste cenário produtivo.

Quem vive em um ambiente escasso e acessa pouco sua capacidade criativa, dedica-se à toda sorte de vandalismo: a heterofagia e a autofagia são as práticas miseráveis mais comuns entre os que não produzindo alimentos, alimentam-se de si mesmo ou alimentam-se das estruturas desenvolvidas pelo outro, canabilizando o mercado, o ambiente (ambiente empresarial, inclusive).

A inadequação humana, cultural, ambiental, ética, cultural, tecnológica… inadequação de toda espécie e gênero é o que varrerá estes seres inadequados para a lixeira do milênio, venho repetindo esta sentença a mais de dez anos: algumas empresas ouviram, outras não, umas possuem sensibilidade auditiva externa outras sequer possuem a si mesma estando penhoradas, sucateadas, imobilizadas, inertes: derrotadas.

Um ótimo exemplo de empresa dotada de total permeabilidade entre o meio interno e o meio externo é a Soldatopo, grupo que atua também com os braços EcoMódulos e Fladafi. Este exemplo não se explica por palavras, mas por imagens e gestos: ação!

Fonte: Cadeia Logística do Frio

07/06/2010

Dr. Nacir Sales
(11) 4688 2617
O Dr. Nacir Sales é articulista das seguintes publicações: